Paradoxo do Megafone – Rita Ravasco

Paradoxo do Megafone – Rita Ravasco
Peça criada para a exposição + RESPEITO, na Apaixonarte. Uma colectiva composta por 10 artistas, (Adamastor, Gonçalo Mar, Jorge Coelho, Margarida Fleming, Pedro Zamith, Ricardo Ladeira, Rita Ravasco, SAMINA, Tamara Alves e Uma Joana), que pretendeu em modo de balanço do ano de 2019, reflectir sobre o número de vítimas de violência doméstica em Portugal. Apelando a um olhar mais atento, focado nas soluções, para a criação de espaço para
+ RESPEITO.
50% do valor das vendas reverte para a Associação UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, que defende a igualdade de género em Portugal, há mais de 30 anos.
Acrílico sobre impressão Fine Art, papel Smooth 270 g.
Moldura incluída.
Certificado de Autenticidade.
Peça Única de 2019.
Dimensões – 42 x 59,4 cm

 370.00

Adicionar aos Favoritos
REF: +R05 Categorias: , Etiquetas: ,

Paradoxo do Megafone – Rita Ravasco
“O meu trabalho é de tal modo variado que não me consigo apresentar só na ilustração ou só na pintura… Não consigo definir-me num único caminho das artes visuais. Tudo surge de vontades e conceitos que absorvo. Considero-me uma artista visual, alguém que cria, que transforma…” Rita Ravasco

Nasceu em 1989, em Mourão, no Alentejo e desde muito cedo teve contacto com o universo criativo. Em 2013, terminou a Licenciatura no curso de Artes Plásticas- Pintura Intermédia, no Instituto Politécnico de Tomar. E nunca mais parou de fabricar arte nas mais diversas formas..

Peso 4800 g